A principal temática da exposição MADE IN BRAZIL É NÓIS é proporcionar um novo olhar para o cotidiano do Brasil Brasileiro. Elementos simples e muitas vezes banais que são o paradigma do nosso país tomam conta do universo desta exposição, trazendo assim obras que possuem narrativas, estéticas e potencia que encontramos no nosso dia-a-dia. Me apropriar destes ícones brasileiros foi um mergulho na minha infância e no saudosismo que vivemos.

As havaianas, o democrático copo americano, que vai da cerveja ao pingado , a paçoquinha Amor, a obra Amazônia e caixa de fósforos Fiat Lux são algumas obras que estão expostas onde recrio estas realidades nestes paradigmas do nosso país,  o nosso Brasil Brasileiro.

Renato Gosling

Sobre o título:

Made In Brazil é Nóis faz referência à frase escrita em produtos exportados produzidos em território nacional, sendo ‘Brazil’ a grafia com a qual o país é conhecido além dos países de língua portuguesa. “É uma expressão usada para descrever o país visto pelos olhos do estrangeiro, um Brasil que não é o país que os brasileiros vivem diariamente, mas que se resume a estereótipos culturais e materiais que são exportados para o resto do mundo”, diz Gosling. “A expressão ‘é nóis’ é muito popular nas periferias das grandes cidades brasileiras e significa uma afirmação de uma força coletiva”, finaliza o artista.

Para a criação de sua primeira exposição individual, o artista Renato Gosling mergulhou por meses na observação das construções simbólicas da brasilidade. Gosling se apropriou desses signos e os deslocou para outras funções, conceitos, formatos e visualidades; em outros momentos, o artista destrói ou substitui os signos, porém ainda mantendo elementos que possibilitam o reconhecimento daquilo transformado por ele.

Ao ser trabalhada pela sensibilidade do artista, a floresta Amazônica não mais é feita de enormes árvores e abundância d’água, mas de brócolis, musgo e geleias. Já o copo americano adquire a improvável função de receber tinta – e não cerveja – até transbordar. Em outro momento, o artista utiliza espelhos dourados para inserir o corpo do público em um ambiente amarelo, uma das cores-símbolo do país.

As obras aqui apresentadas alteram, desconstroem e subvertem os signos da identidade brasileira, deflagrando reflexões sobre o que nos define como nação e o que faz o Brasil ser “Brazil”.  Quando pensamos sobre as crenças e comportamentos que surgiram em nosso passado e que até agora definem a identidade da nação, nos damos conta de que o país tropical, da festividade e da cordialidade também é o da herança colonial coronelista, patriarcal, escravocrata, nepotista, da corrupção e da troca de favores. Mas ao deslocar para outros espaços ou reinventar  os signos da brasilidade, o artista mostra que é possível destruir e construir novos elementos identitários. Neste sentido, o conjunto de obras aqui exibido se coloca como metáfora da  urgência contemporânea de transformar ícones, destruir cânones e reformular nossa cultura.

Made in Brazil É Nóis é uma potente ferramenta de reflexão política sobre nossos modos de ser e estar neste território. Uma exposição para levarmos conosco e, quem sabe, servir de inspiração para definirmos quais paradigmas da brasilidade queremos manter e quais queremos desconstruir.

Curadoria @caru_albuquerque

Faça um tour virtual pela Exposição!

×