Geraldo de Barros no Itaú Cultural

Conforme vocês já devem saber, está acontecendo a exposição sobre Geraldo de Barros no Itaú Cultural. Esta expo proporciona uma retrospectiva da trajetória do artista em diferentes mídias. Estão expostas cerca de 400 obras em diferentes tipos de expressão: pintura, fotografia e design de móveis. Curadoria de Lorenzo Mammi e Michel Favre. Geraldo de Barros […]

Exposição Appeal, de Renato Gosling, reflete sobre American Way of Life

O Shopping Parque da Cidade recebe, a par5r de 13/6, a exposição Appeal, do ar5sta Renato Gosling, com curadoria de Oscar D’Ambrosio. A mostra gratuita convida o público a refle5r sobre o chamado “American Way of Life” e mergulha em ícones dos Estados Unidos por meio de 11 obras de diversos 5pos – pinturas abstratas, esculturas, telas a óleo, assemblages, fine arts. A exposição contará também com quatro obras da artista Carol Verás.

“A exposição não é um elogio ou uma crí5ca ao ́American Way of Life ́, mas um convite para uma reflexão sobre como elementos norte-americanos se relacionam com a cultura dos EUA e quais são os reflexos para o Brasil”, explica Gosling. “Proponho um olhar para a abundância e a escassez. Appeal aponta que aquilo que se almeja em excesso pode provocar …

Portfólio

“Renato Gosling, 44, é um artista paulista multidisciplinar e autodidata, cuja pesquisa parte da observação da vida mundana e da ressigni fi cação dos signos e da cultura. A partir dessa interpretação do cotidiano, Gosling altera o sentido e o lugar original das coisas, criando novas narrativas, e de fl agra re fl exões sobre o uso e o signi fi cado de tudo aquilo que nos rodeia. O artista exibe uma produção conceitual e formal madura e potente, alinhando a criação de novas possibilidades simbólicas a caminhos estéticos que nos guiam ao mundo sensível da verdadeira arte. Renato Gosling possui trabalhos em coleções do Brasil, Estados Unidos, Portugal e Suíça.”

Banalidade é um estado de espírito?!

Banalidade é um estado de espírito Recebi este texto de um artista italiano chamado Francis Valela. Conheci ele pelo instagram e logo após uma breve troca de mensagem ele me escreveu falando do meu trabalho, sem eu pedir, que honra. Este texto do Valela dáum baile em muito texto de curadores por aí. Fantástico, curtinho […]

×